A louca da manga


Dia 15 de novembro faz exatamente um ano que nos mudamos para uma casa com uma mangueira enorme no quintal. Nunca fui muito fã de manga, mas tem duas espécies que eu amo, manga coquinho e manga abacaxi (pelo menos é assim que as conheço da minha cidade natal, Goiânia). E a mangueira do meu quintal é justamente da manga abacaxi. Pensa numa pessoa feliz. Primeiro por ser uma manga que gosto, segundo por ter uma mangueira enorme em uma cidade quente como Cuiabá, que é onde moro.

Então, a felicidade durou até começar a temporada de manga. No ano passado, quando me mudei, as mangas já tinham acabado. Na mudança tirei vários sacos de lixos cheios de mangas podres que cobriam o chão. Este ano, o amadurecimento demorou mais. Já deu muita manga e ainda tem muita.Todos os dias o chão amanhece com um monte de manga madura.


Gente, sério, morro de dó. É impossível consumir toda essa manga. Até porque, em Cuiabá, o que tem é mangueira pra todo lado, então, na verdade, não é uma fruta muito valorizada. E como virei a louca da manga? Bom, meu marido sempre compra suco de manga pronto, aqueles de caixinha. Nunca tomei, nunca gostei. Mas, quando vi aquele mundo de manga se perdendo, resolvi fazer um suco pra experimentar. Pensei, na pior das hipóteses, meu marido vai tomar rsrsrs.

E não é que eu gostei! Mas, por mais que eu tenha gostado do suco, e o resto da minha pequena família também, ainda é muita manga. Então agora estou me aventurando em busca de receitas com manga. Não sou expert na cozinha, aliás, muito longe disso. Nunca gostei de cozinhar (daqui a pouco vão dizer, ah, você não gosta de nada kkkkkkk. Calma, gosto de muitas outras coisas). Cresci no comércio da minha mãe, não crescei fazendo serviço de casa ou ajudando minha mãe na cozinha. Resultado, aos 29 anos não sabia sequer fazer um arroz.

Mas, com o tempo a gente aprende de tudo não é mesmo? Porém, todavia, contudo, entretanto, sou daquelas que precisam da receita à mão, com todos os detalhes, pra sair algo que presta. E a internet está cheia de receitas. Vou testar um monte e vou postando aqui, quem sabe alguém aproveita.


E a primeira receita que fiz, além do suco foi uma espécie de frozen. Sugestão de uma amiga pelo Face. Ela falou pra congelar a manga e depois bater no processador com umas folhas de hortelã. Eu acrescentei um pote de iogurte natural, porque já fiz usando banana e fica divino (amo banana. Ah! Viram. Eu gosto de algumas coisas rsrsrs).

O problema foram as fibras da manga. Credo, como esse troço tem fibra. Será que já tentaram fazer algo com a fibra da manga? Eu sei que a loja Ong faz roupa com fibra de bananeira. Bo, vou experimentar congelar a polpa coada e fazer a mesma receita de novo. De qualquer forma, o gosto é ótimo.


Ah, na tentativa de aproveitar o máximo das mangas, estou descascando tudo que consigo e congelando os pedaços. Vixe! Já falei demais. Jornalista é assim. Me aguardem, até o fim da temporada de manga volto com novas experiências.

Xau

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s